segunda-feira, 9 de maio de 2011

Projeto Nossa Escola Sustentável e Com-Vidas

UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO
TUTOR: André da Costa Leite
CURSISTA: Vanda do Socorro Alves de Souza.
CURSO: Escola Sustentável e Com- Vidas – Macapá-AP/
TURMA: 33 - Terra        EIXO III: 3ª Semana
MÓDULO: III                      ATIVIDADE: Projeto



Projeto Nossa
Escola Sustentável e Com-Vidas
Autores do Projeto: Escola Sustentável e COM -VIDAS


João Rodrigo de A. Pessoa (Geografia)
Maria Aparecida A. Barreto; (S.T.P)
Marli Picanço Monteiro(Inform. Educativa)
Núcia Bianca Costa (Ensino Especial);
Samille Monteiro (Português);
Vanda do Socorro Alves de Souza (Inform. Educativa)
1- IDENTIFICAÇÃO

Escola Estadual General Azevedo Costa
            Rua José Serafim, 111 – Centro
 68908–040 – Fone: (096) 3212 - 5184
 Macapá – Amapá –Brasil
Diretora da Escola Estadual General Azevedo Costa
           
           Rosana do Nascimento Silva
                       
Secretário Escolar
            Ocir SANTANA DE MAGALHÃES

Serviço Técnico Pedagógico da Escola
            Angélica Brazão Nunes
            Izabel Oliveira 
            Maria Aparecida Ataíde Barreto
            Keyla Michele Brito Vasconcelos de Sousa

Projeto: Escola Sustentável e Com Vidas E.E.G.A.C.        
         Sub-Tema: Preservação X Conservação do Meio Ambiente  
        Promotores: A responsabilidade pela coordenação deste projeto cabe a uma equipe de professores, alunos, funcionários, diretora e comunidade.
          Executores: Professores, funcionários da escola de todos os setores, alunos e comunidade.
         Coordenadores do Projeto:
Maria Aparecida Ataíde Barreto, Núncia Bianca Gomes da Costa, Marli Picanço Monteiro, Vanda do Socorro, João Rodrigo de Araújo Pessoa, Samille Monteiro e Imara Castelo.

 2-APRESENTAÇÃO
O Projeto “Escola Sustentável e Com Vidas”, será implantado na Escola Estadual General Azevedo Costa, visando Conscientizar e instruir alunos a serem cidadãos que lutam por uma escola ambientalmente sustentável, além de vislumbrar os trabalhos desenvolvidos em salas de aula por projetos temáticos e as atividades artísticas, culturais e sociais com alunos, professores e comunidade do entorno da escola
           Para que os alunos possam vir a compreender as amplas e complexas questões que envolvem o sistema de coleta seletiva de lixo é fundamental oferecer-lhes a maior diversidade possível de informações e possibilidades de pesquisas que os coloquem em contato com diferentes realidades, levando-os ao interesse pelo que transcende a realidade imediata. Conhecer a diversidade aguça a preocupação ambiental estabelecendo vínculos diretos do grande número de espécies diferentes de lixo da escola e seu entorno
Perante os problemas causados pelo mau manuseio do lixo, nos leva a necessidade deda caráter urgente de refletir sobre o fato de que tais problemas, de acordo com sua intensidade podem ser “absorvidos” (orgânicos e inorgânicos) ou não pelo ecossistema e que as conseqüências afetam, não apenas as áreas naturais, mas também o ambiente urbano e social.
Atualmente, um dos maiores desafios da humanidade é construir um planeta ambientalmente sustentável (o que infelizmente em alguns casos já é considerado uma utopia escola e seu entorno), mas para conservar a natureza é preciso antes entender sua importância na nossa vida. A consciência dessa relação de homem e natureza possibilita não apenas uma reflexão, mas também um investimento no desenvolvimento sustentável, através da pesquisa e da busca de novas formas de se relacionar com o ecossistema como um todo.
           Pensando em todos os aspectos mencionados a sustentabilidade da visão o projeto ilumina a preservação da conscientização da comunidade escolar, como também uma questão de sobrevivência, para nós e para que as futuras gerações.
Pretende-se com o projeto, diminuir a distância entre teoria e prática que envolve as atividades escolares, tornando-as visíveis ao ambiente escolar e do entorno. No entanto para que o projeto se realize contar-se-á com a parceria de diversas entidades: SEMA, IBAMA, Batalhão Ambiental, IEPA,, Embrapa dentre outros, bem como a Direção escolar, Serviço Técnico-Pedagógico, alunos, comunidade e equipe administrativa para a sua execução.
Para tornar-se público o referido Projeto será organizado  em uma assembléia geral para sua socialização com a comunidade escolar e extra-escolar.. Portanto, o referido Projeto vem demonstrar todo o processo de uma escola ecologicamente sustentável. 
3-   JUSTIFICATIVA
Nortear uma prática reflexiva em um trabalho de equipe com esquema de ações e de posturas que mobilizem o interesse da comunidade escolar. Fazer um aproveitamento com o propósito de, analisar, comparar e sintetizar a diversidade de informações e comunicações existentes, de modo que, possamos utilizá-las a nosso favor com interatividade prazerosa na escola.
 Trabalhar com projetos temáticos e sustentáveis para promover o desenvolvimento intelectual, cultural e pessoal dos agentes envolvidos no processo ensino-aprendizagem,. Estamos vivenciando momentos em que os valores culturais, éticos e outros estão relegados ao segundo plano e, é cediço que há urgência em reaver esses valores aplicando em nossos alunos o prazer de preservar e conservar os recursos naturais disponíveis  aflorando uma consciência critica ambiental e que essas propostas possam ser socializadas sustentavelmente entre escola e comunidade
Nesta prospectiva a escola deve acompanhar as mudanças ocorridas em escala regional possibilitando, estudar os problemas ambientais que nos rodeia diariamente, especificando principalmente o eixo do projeto.

 4-              OBJETIVOS
4.1 Geral:
Ø  Reconhecer e utilizar meios sustentáveis de vida no ambiente  escolar e em torno.
Ø  Conscientizar e instruir alunos a serem cidadãos que lutam por uma escola ambientalmente sustentável.
4.2   Específicos:
Ø Orientar os alunos a preservar o meio ambiente
Ø Preservar a limpeza escolar
Ø Executar oficinas como de reciclagem
Ø  Planejar dentro das diversas áreas do conhecimento, com um olhar críticos para a diversidade cultural de preservação ambiental e criar situações em que o aluno  aprenda a utilizar seus conhecimentos como instrumento de compreensão da realidade,  
Ø  Despertar desenvoltura e criatividade, bem como o companheirismo entre os alunos e professores participantes.
Ø  Propiciar um clima harmonioso de trabalho, valorizando a construção de vínculos afetivos e o respeito ao meio ambiente.
Ø  Ampliar a integração entre docentes, alunos e comunidade.
Ø  Promover palestras e debates para conscientização do tema: Sustentabilidade.
 5-ESTRATÉGIAS
v  Promover reuniões com os professores e técnicos para a conscientização da importância da implantação do referido projeto na comunidade escolar;
v  Realizar encontros onde professores, técnicos,e comunidade alunos discutam sobre as possibilidades de desenvolver atividades diversificadas para o bom funcionamento do projeto sustentável;
v  Formar grupos de alunos para colocarem em práticas os sub-projetos de: compostagem, horta orgânica, lixo reciclado, reutilização racional das águas pluviais na conscientização por uma escola sustentável.
6-METAS / AÇÕES:         
META 01: GARANTIR A ESTRUTURAÇÃO E EXECUÇÃO DO PROJETO
AÇÕES:
Ø  Discussão e elaboração da proposta de trabalho;
Ø  Apresentação do projeto à comunidade escolar;
Ø  Elaboração e organização do plano de atividades;
META 02: GARANTIR A QUALIDADE E O BOM FUNCIONAMENTO DAS ATIVIDADES DIVERSIFICADAS
AÇÕES:
Ø  Organizar com antecedência o 1º e 2º momentos de Culminância do projeto, elegendo as atividades e/ou trabalhos que participarão destes; selecionando equipes e dividindo tarefas a serem realizadas;
META 03: POSSÍVEIS MODIFICAÇÕES NA PLANTA DA ESCOLA E/OU IMPLANTAÇÃO DAS ECOTÉCNICAS
AÇÕES:
Ø  No laboratório de informática: instalação de um painel solar (Na área da lanchonete: implantaremos a coleta seletiva de lixo natural
Ø  Na área do estacionamento onde se encontram as árvores frutíferas, utilizaremos uma parte para criar uma área de compostagem orgânicas
Ø  Na quadra de esporte utilizaremos mais luz solar. (com a implantação das placas solares)
Ø  Instalação de uma cisterna para a captação da água da chuva, e o seu tratamento para um reaproveitamento na irrigação das plantas, da horta e na limpeza da área interna da escola.
Ø  Fora as áreas verdes que temos (jardins), instalaremos, novas áreas verdes nas redondezas da escola.
Ø  Construção de uma horta orgânica na escola, para uma melhor qualidade da merenda escolar.

META 04: ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DO PROJETO
AÇÕES:
Ø  Organizar encontros relatar as experiências vivenciadas no decorrer das atividades;
Ø  Registrar e avaliar periodicamente o envolvimento dos alunos no projeto.
META 04: GARANTIR RECURSOS FINANCEIROS PARA A IMPLANTAÇÃO DAS AÇÕES.
AÇÕES:
Ø  Capacitar de 10 a 20 alunos para sensibilização dos demais, em termos de buscar um bem estar de conviver sustentável. 
7- RECURSOS   
7.1 Humanos:
Pessoal de apoio, técnicos, administrativo, docentes, discentes, colaboradores, parceiros e integrantes da comunidade, entidades afins.
7.2 Materiais:

7.2.1 Expediente:
Resmas de papel A4, papel 40 Kg, papel Crepom, papel cartão, cartolinas, tecido branco para faixas, pincéis atômicos, pincéis de cerdas, balões, barbantes, colas (branca e isopor), E.V.A diversos, tinta PVA, tinta guache, garrafa pet, cestos para coleta seletiva TNT, tesoura, estilete, classificadores,  outros que  necessitar.
7.2.2 Audiovisuais
Caixas Acústicas, Microfones, impressora, D.V.D, DVD’s e CD’s educativos,  copiadora,  murais, armário para armazenamento de sementes, adubos, tela estante de ferro, botas, espátulas, luvas, barbantes, corda fina,02 carrinho de mão,, serrote, prego, pernamanca, ganchos, arame recozido
 8-AVALIAÇÃO
A avaliação ocorrerá por meio de uma reunião final, pelos docentes com a Equipe dos Coordenadores, apresentando o parecer avaliativo do Projeto, as discussões do resultado da avaliação serão realizadas em forma de um Relatório final sobre o andamento do Projeto da Escola Sustentável e Com Vidas bem como das atividades que foram desenvolvidas no decorrer do Projeto.

9-Custos e Orçamentos para a Implementação das Ecotécnicas


SISTEMA DE CAPACITAÇÃO DE ÁGUA FLUVIAL
ITEM
MERCADORIA
UNID.
QUANT.
P.UNIT.
P.TOTAL
01
Calha
MT
200mt
15,00
3000,00
02
Canos de PVC
4
100mt
4,00
400,00
03
Sistema de Capacitação de Água Fluvial
TOTAL
3.400,00
SISTERNA
ITEM
MERCADORIA
UNID.
QUANT.
P.UNIT.
P.TOTAL
01
Cimento
scs
30
30,00
900,00
02
Seixo
MT 
04
80,00
320,00
03
Areia
MT
05
35,00
175,00
04
Rejunte de piscina
kg
18
80,00
1440,00
05
Azulejo
MT
30
18,00
540,00
06
Bomba
01
01
300,00
300,00
07
Tampa para sucção
UN
01
Construir
08
Cisterna com 2/5 mts de Comprimento
TOTAL
3.675,00
HORTA ORGÂNICA
ITEM
MERCADORIA
UNID.
QUANT.
P.UNIT.
P.TOTAL
01
Ripão
Duz
01
25,00
25,00
02
Tela Fina
MT
10
12,00
22,00
03
Ancinho
01
01
20,00
20,00
04
Pá Pequena
04
04
20,00
80,00
05
Mangueira
Mt
50
40,00
2000,00
06
Mangueira  para Irrigação
Mt
200


07
Enxada
02
02
30,00
60,00
08
Terra preta Adubada
MT
05
35,00
175,00
09
Baldes Pequenos
04
04
8,00
32,00
10
Luvas
CX
01
28,00
28,00
11
Viveiro de 2 metros Quadrado
TOTAL
2.442,00
SEMENTES
ITEM
MERCADORIA
UNID.
QUANT.
P.UNIT.
P.TOTAL
01
Chicória
pct
05
2,50
12,50
02
Coentro
pct
05
2,50
12,50
03
Cheiro Verde
pct
05
2,50
12,50
04
Couve
pct
05
10,00
50,00
05
Pimenta de Cheiro
pct
05
8,00
40,00
06
Tomate
pct
05
8,00
40,00
07
Pimentão
pct
05
6,00
30,00
08
Mudas de Cariru
md
05
3,00
15,00
09
Hortelãnzinho
md
05
3,00
15,00
10
Anador
md
05
3,00
15,00
11
Favaca
md
05
2,00
10,00
12
Cidreira
md
05
3,00
15,00
13
Sementes
TOTAL
267,50
COMPOSTAGEM
ITEM
MERCADORIA
UNID.
QUANT.
P.UNIT.
P.TOTAL
01
Ancinhos
04
04
20,00
20,00
02
Vassouras
04
04
4,00
16,00
03
Saco de Lixo  de 100KG
UN
10
5,00
50,00
04
Peneiras de Tela Fina
02
02
10,00
20,00
05
Tonéis para armazenamento do Lixo/folha
02
02


06
Tesoura de Poudar
02
02


07
COMPOSTAGEM
TOTAL
106,00








10-CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

TEM
ATIVIDADES A SEREM DESENVOLVIDAS
MESES/ 2011
03
04
05
06
08
09
10
01
Elaboração e Organização do projeto da Mostra escolar 2009 pelos professores coordenadores







02
Reunião dos coordenadores do projeto.








03
Sensibilização, Divulgação, Reuniões com Direção, Serviço Técnico, Coordenadores de Área para apresentação do Projeto pela Comissão







04
Divulgação Interna na escola do PROJETO







05
Confecção das atividades do projeto em sala de aula







06
Montagem do  Stands e Barracas no local de exposição







07
Ornamentação e Socialização do Projeto







08
Avaliação do Projeto








11- REFERÊNCIAS

ANTUNES, Celso. Glossário para educadores (as). 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

BAGNO, Marcos. Pesquisa na escola: o que é, como se faz. 14. ed. São Paulo, SP: Loyola, 2003.

CANDAU, Vera Maria. (org.). Oficinas pedagógicas de direitos humanos. 6.ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

FARACO, Carlos Emílio et al. Ofício de professor: aprender mais para ensinar melhor: programa de educação a distância para professores de 5ª a 8ª séries do ensino fundamental e ensino médio. São Paulo: Fundação Victor Civita, 2004. (Linguagens, códigos e suas tecnologias, v. 3).

FERNANDES, Natal Lânia Roque. Professores e computadores: navegar é preciso! Porto Alegre: Mediação, 2004.

MORAN, José Manuel; MASETTO, Marcos T; BEHRENS, Marilda Aparecida. Novas tecnologias e mediação pedagógica. 10. ed. Campinas, SP: Papirus, 2006. (Coleção Papirus Educação).

TAJRA, Sanmya Feitosa. Informática na educação: novas ferramentas pedagógicas para o professor da atualidade. 3.ed. ver., atual. e ampl. São Paulo: Érica, 2001.
ZEN, Maria Isabel H. Dalla et al. Projetos pedagógicos: cenas em sala de aula. 3. ed. Porto Alegre: Mediação, 2006.

aquarelladesentupidora.com.br/.../sustentabilidade-contra-capitalismo-desentupidora/
noticias.uol.com.br/ultnot/.../lixo/index.jhtm             planetasustentavel.abril.com.br/lixo

Um comentário:

  1. Olá Vanda. Parabéns pelo projeto. Gostei muito. Com sua permissão gostaria de adaptá-lo à realidade de meu colégio aqui no interior do Rio. Um abraço. Fred Fernandes

    ResponderExcluir

Loading...